1º Festival de Software Livre de Belo Horizonte

Evento realizado pela Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (conheça a ESP-MG) e pelas comunidades KDE-MG (conheça o projeto KDE-MG) e Ubuntu – UAI (conheça o projeto Ubuntu – UAI) reuniu profissionais e entusiastas de diversas áreas da tecnologia, no dia 26 de setembro de 2009 , em torno da filosofia do software livre.

O evento, teve acesso gratuito, onde foram realizadas palestras, mini-cursos, oficinas e install fests, tanto para iniciantes quanto para níveis mais avançados de usuários livres.

O intuito do evento foi de agrupar cada vez mais os profissionais e entusiastas das diversas áreas da tecnologia, divulgando e ampliando o alcance da filosofia do Software Livre.

A abertura do evento foi realizada pelo coordenador da Gestão de Tecnologia da Informação Felipe Paiva Ribeiro, ele explicou aos participantes sobre as tecnologias utilizadas pela ESP ao longo dos anos e destacou:

“A Escola utiliza 100% o software livre, apoiando e incentivando esta iniciativa”.

Na parte da manhã, foram apresentados alguns trabalhos como:

– Samba4 + ad deployment tools;
– Openstreepmap: mapeando o mundo;
– Asterisk fácil e rápido no ubuntu;
– O que é Software livre, open source e suas licenças, entre outros.

Durante a tarde com palestras e discussões esquentaram com:

– Introdução a modelagem e desenvolvimento ágil de Sistemas com Framework Symfony,
– Funcionalidades kde 4.x e kde-mg
– Debian custom and Debian BR-Desktop, entre outros.

Público

A manhã de atividades teve representativa participação do público feminino. A recepcionista Samara Cristina de Oliveira conta porque teve interesse em comparecer ao encontro. “Sou estudande de Tecnologia da Informação e quero ampliar meus conhecimentos. Nós, mulheres, temos que quebrar o tabu de que a profissão de TI é só para homens. O público feminino tem que se impor na área e mostrar que dá conta do recado”, afirmou.

Outros projetos: EaD

A nova modalidade de ensino da ESP-MG, a Educação a Distancia, utiliza, com base na filosofia da Instituição, o software livre Moodle, um ambiente virtual de aprendizagem desenvolvido na linguagem PHP, com base de dados MYSQL e que está hospedado em servidor Apache.

“O Moodle permitiu que a Escola pudesse customizar um sistema educacional que atendesse toda a realidade vivenciada por nossos docentes, sabendo que nosso primeiro curso a distância, a ‘Qualificação Pedagógica em Educação Profissional em Saúde’, pudesse ser prático e entendido por todos os nossos alunos e docentes. Pelos resultados nos municípios que já iniciaram as capacitações do curso a distância, percebemos que estamos no caminho certo, com a ferramenta certa e com os profissionais certos. Nossos projetos, baseiam-se na melhoria e adaptação de ferramentas que atinjam nossos objetivos: e foi o que fizemos no Moodle. Conseguimos nossa autonomia tecnológica”, avaliou o coordenador do Núcleo de Tecnologia Educacional, Adriano Lima.

Desenvolvimento de Projetos

Segundo o gerente de Desenvolvimento de Sistemas, Bruno Santos, a política de desenvolvimento de projetos da Escola alinha-se aos processos de negócio da ESP-MG.

”Conseguimos trabalhar todas as fases de desenvolvimento de um software, desde o levantamento de requistos até as fases de teste, homologação e manutenção. Além disso a ESP-MG, através do seu alcance, tem um papel fundamental na promoção de políticas públicas de infoinclusão, passando de mero consumidor de tecnologias da informação e comunicação a produtor”.

Santos enumera alguns benefícios do software livre:

“Redução de custos, boa qualidade, autonomia tecnológica e compartilhamento do conhecimento em parcerias com diversas instituições do Estado”, disse.

O analista de negócios da ESP-MG, Guilherme Veras, em palestra “Introdução a modelagem e desenvolvimento ágil com framework symfony” apresentou a metodologia de desenvolvimento da ESP-MG.

“Na Escola, hoje, 80% dos programas são desenvolvidos em symfony e, por isso, obtemos maior resultado com menor esforço. Desenvolvemos com maior velocidade, eficácia e garantia. É uma metodologia aplicada especialmente para a Instituição”.

Apoio as iniciativas

A TotLab é feliz em realizar a sua jornada e construir a sua história ao lado de grandes profissionais.
Acreditamos que o conhecimento deve ser disponível a todos, por isso, estamos sempre dispostos a patrocinar projetos sociais.
Se você possui um projeto social entre em contato conosco e veja no que podemos ajuda-lo.

Hoje a TotLab mantém o registros do domínio www.fslbh.org e fornece a infraestrutura (hospedagem) gratuita para o projeto.

Fonte: Escola de Saúde Pública do Estado de  Minas Gerais

, , , , , ,